quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Governo do RN divulga pagamento dos servidores relativo ao mês de novembro e dos 80% restantes do 13º salário

0
Governo segue pagando os servidores  de  forma escalonada
As secretarias de Planejamento e Finanças e de Administração informam que o pagamento dos servidores estaduais relativo ao mês de novembro e dos 80% restantes do 13º salário se dará da seguinte forma:
Pagamento da folha de novembro:
Dia 27 - Quinta-feira: recebem todos os servidores, independente do valor dos salários, das pastas de Saúde e Educação.
Dia 28 - Sexta-feira: recebem todos os servidores da Segurança, Idema, Ipern, Detran, Caern, Ipem, Jucern, Uern (independente do valor do salário) e os das demais pastas restantes que recebem vencimentos de até  R$ 2 mil (91 % do total da folha).
Dia 10 de dezembro - Quarta-feira: os demais funcionários que recebem acima de R$ 2 mil (9% da folha) 
Pagamento dos 80% restantes do 13º salário:
Dia 19 de dezembro - Sexta-feira: recebem os 80% restantes do 13º salário todos os servidores, independente das pastas e do valor dos vencimentos.

Prefeita de Areia Branca inclui estrada de acesso a São Cristóvão entre as prioridades para o período

0
Acesso a São Cristóvão chega a ficar intransitável em determinados períodos (Foto: Carlos Júnior / Reprodução) 
A construção da principal via de acesso à comunidade litorânea de São Cristóvão entrou na pauta das ações prioritárias que a prefeita Luana Bruno (PMDB) pretende desenvolver no período.
A prefeita destaca que a estrada é de grande importância para o desenvolvimento da comunidade, bem como para fomentar a geração de renda na vila-praia que possui enorme potencial turístico.
Luana Bruno explica que um dos entraves para a construção da estrada é a questão ambiental, uma vez que a via de acesso a São Cristóvão está localizada numa área de extensas dunas, o que requer um projeto de impacto ambiental muito bem elaborado por empresa especializada.
Independente disso, a intenção da prefeita é construir a estrada e para isso, já está buscando os meios necessários para tornar realidade esse sonho antigo dos moradores e visitantes da bela vila e da orla marítima de São Cristóvão.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

MPRN inaugura Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro

2014_DSC_0980_editada_exportada“O crime de corrupção é o que mais machuca o brasileiro”. Lamentou Ricardo Saad, Diretor do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), do Ministério da Justiça, durante cerimônia simbólica de inauguração do Laboratório de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro (LAB-LD) do Ministério Público do Rio Grande do Norte, realizada na manhã de hoje (25) no plenário da Procuradoria-Geral de Justiça, em Candelária.
O laboratório, que está sendo destinado ao Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (GAECO), é fruto de acordo de cooperação técnica do MPRN com o Ministério da Justiça para disponibilização de um conjunto de softwares e hardwares que vai permitir o processamento de informação em massa, viabilizando a analise mais rápida de dados e o cruzamento de informações nas investigações de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal.
A rede de laboratórios, composta por 43 unidades e coordenada pelo Ministério da Justiça por intermédio da DRCI, foi criada em 2006 por iniciativa da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA). A tecnologia representa a resposta encontrada por seus idealizadores aos questionamentos relativos à utilidade de informações e dados de cunho financeiro, sem que eles pudessem ser devidamente organizados e transformados em provas que fossem efetivamente utilizadas no combate ao crime organizado.
Para o Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, o laboratório será de grande valia e muito bem utilizada no combate ao crime organizado. “O laboratório vai nos fornecer mais instrumentos para que possamos combater os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro que ocorrem tanto no RN. Vai nos capacitar melhor para o combate a esses crimes”, destacou.
O Procurador-Geral de Justiça relembrou que a conquista foi fruto do esforço por parte do MP e parceiros, trabalho esse reconhecido pelo Diretor do DRCI, Ricardo Saad. “Fiz questão de comparecer à inauguração devido à persistência do Ministério Público do Rio Grande do Norte em conseguir o laboratório, comprovando sua necessidade e merecimento”, ressaltou.
De acordo com Saad dos últimos 15 laboratórios concedidos pelo Ministério da Justiça no último ano, apenas um foi para um Ministério Público. O do RN. Isso porque a Central Nacional de Segurança Pública, de onde vem os recursos para a instalação dos laboratórios, havia dado prioridade de entrega dos laboratórios, num primeiro momento, para as polícias civis.
Para a Coordenadora do GAECO, Promotora de Justiça Patricia Antunes Martins, a implantação do laboratório coloca o RN no cenário nacional de órgãos que possuem tecnologia para combater a corrupção e sonegação fiscal. “É grandioso”, celebrou. A representante ministerial agradeceu o apoio e parcerias da Receita Federal e Secretaria Estadual de Tributação que também colaboraram no sentido de viabilizar o laboratório.
O Procurador-Geral de Justiça, Rinaldo Reis, ressaltou também a história do MPRN no combate à corrupção, um motivo de orgulho para toda a Instituição. “Acreditamos que isso também foi decisivo na conquista dessa nova ferramenta de combate”, concluiu.

Com informações do MPRN

Ação da Pecado Capital aponta pagamento de propinas à cúpula do Inmetro

 
Uma nova denúncia do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) revela o pagamento de propina a integrantes da cúpula do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), durante a gestão de Rychardson de Macedo à frente do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem/RN), entre 2007 e 2010. De acordo com as investigações, dois integrantes da direção do Inmetro recebiam benefícios e, em troca, permitiam a continuidade do esquema montado no RN com participação do deputado Gilson Moura e dos advogados Lauro Maia e Fernando Caldas Filho.
Foram denunciados o diretor administrativo-financeiro do Inmetro, Antônio Carlos Godinho Fonseca, e o auditor-chefe do instituto, José Autran Teles Macieira (afastado do cargo preventivamente, por conta de procedimento disciplinar da Controladoria Geral da União). De acordo com a denúncia, as propinas foram pagas por Rychardson de Macedo (que também é réu) para viabilizar o recebimento de maior quantidade de recursos federais, por meio de convênio, e evitar consequências desfavoráveis decorrentes das auditorias.
Além da denúncia, o MPF apresentou uma ação de improbidade relativa às mesmas irregularidades. Ambas são assinadas pelo procurador da República Rodrigo Telles e apontam a prática de corrupção passiva, ativa e enriquecimento ilícito.
Repasses - De acordo com os convênios assinados pelo Ipem/RN com o Inmetro, o instituto nacional deveria transferir ao estadual 85% da receita arrecadada no Rio Grande do Norte com multas e outras taxas pagas por infratores. No entanto, em razão do acordo entre Rychardson de Macedo e Antônio Carlos Godinho, o Inmetro acabou transferindo um percentual bem maior.
Auditorias apontam que, em 2007, foi repassado ao Ipem/RN mais de 100% do valor arrecadado, enquanto em 2008 repassou-se 97%. Em 2010, durante os meses da gestão de Rychardson de Macedo, voltou a ser extrapolado o limite, ultrapassando os 100%.
Rychardson estabeleceu relação estreita com Antônio Godinho, ao ponto de tratá-lo pelo apelido de “Toninho”. Em seu depoimento, o ex-diretor do Ipem explicou: “O Ipem não tem verba própria, não recebe nada do Estado. (…) Se ele arrecadar por mês trezentos mil reais, teoricamente era pra descontar 15% do Inmetro (…). No meu caso não, sempre vinha a mais, porque, tipo assim, eu me relacionava muito bem com Toninho, que era o financeiro. Ele sempre mandava a mais.”
Diversas irregularidades cometidas no âmbito do Ipem/RN foram constatadas pelas auditorias do Inmetro, contudo a autarquia federal nunca tomou nenhuma providência efetiva em relação ao “quadro caótico e descontrolado da autarquia estadual”. Antônio Carlos Godinho não acatou recomendações para efetuar uma intervenção no Ipem/RN, nem mesmo de promover uma tomada de contas especial, para apurar responsabilidades.
“Não se tem notícia nem sequer da exigência por parte do Inmetro de que o Ipem/RN prestasse contas da aplicação dos recursos recebidos”, ressalta a denúncia do MPF. Rychardson de Macedo contava com o apoio de Antônio Godinho para impedir a instauração de tomadas de contas especiais: “Quando às vezes a auditoria detectava, aí ele entrava em contato com Autran: ‘Autran, vamos segurar aí’. Porque ele não sabia que eu dava dinheiro a Autran também.”
Auditorias - Rychardson de Macedo também estabeleceu vínculo próximo com o auditor-chefe do Inmetro, José Autran. Em virtude de combinação entre ambos, a autarquia federal acatava as justificativas apresentadas pelo Ipem/RN, relativas aos indícios de irregularidades.
O Ministério Público Federal destaca que, se tais indícios fossem devidamente apurados desde o início, poderia ter se evitado ou pelo menos inibido as práticas ilícitas promovidas ao longo da gestão de Rychardson, ou ao menos reduzido o prejuízo causado aos cofres públicos. “No entanto (…) o Inmetro, por meio de seu auditor-chefe, permaneceu inerte e foi complacente”.
Irregularidades no pagamento de diárias, contratação de “funcionários fantasmas”, impropriedades em licitação e contratos, além de favorecimento a empresas, foram constatadas pelas auditorias, mas acabaram não resultando em providências concretas, por parte do Inmetro. Os auditores apontaram várias vezes as mesmas irregularidades e recomendaram reiteradamente a abertura de tomadas de contas especiais, sem que o auditor-chefe adotasse alguma atitude prática.
“Chegou-se a propor até mesmo a intervenção do Inmetro no Ipem/RN, de tão caótica que a situação ficou”, reforça o MPF, complementando: “O auditor-chefe do Inmetro (…) assistiu a tudo isso passivamente. Suas análises dos relatórios de auditoria sempre foram favoráveis ao Ipem/RN”. José Autran só determinou a realização de tomada de contas especial quando Rychardson de Macedo já havia deixado a direção do instituto no RN.
Propinas – Em abril de 2008, Rychardson de Macedo adquiriu uma lancha e “presenteou” Antônio Carlos Godinho. “Chamei ele pra fazer uma visita aqui em Natal. (…) Aí eu levei ele pros parrachos. Que eu tinha um barco lá, a gente deu uma volta, ele externou que tinha vontade de ter um barco. Aí eu disse: ‘Não, vamos ver aí como é que a gente pode fazer, homem. Veja aí esse pacto que tá tendo do Ipem com o Inmetro, que arrecada esses quinze por cento. Mande um pouquinho a mais que aí eu vou procurar um barco aqui pra você e a gente se ajeita’. E assim foi feito. Eu arranjei um barco, comprei o barco por vinte mil reais, lá na marina”, relatou o ex-diretor do Ipem.
Rychardson de Macedo explicou ainda que o diretor do Inmetro costumava vir ao Rio Grande do Norte no verão: “(…) aqui eu alugava casa ali em Jacumã e ele sempre vinha, com ele, a namorada dele, uma vez veio com os filhos dele, os três filhos dele, e aqui eu custeava tudo, alugava carro pra ele, paguei as passagens dos filhos dele pra vir”.
As passagens para a namorada e filhos de Antônio Godinho foram adquiridas através do contrato do Ipem com a empresa Helo Turismo Ltda.. Foram compradas passagens de ida e volta de Goiânia e Rio de Janeiro, em nome dos filhos do auditor e de sua namorada. Rychardson declarou ainda ter pago hospedagem a eles em um hotel da capital, além do aluguel da casa em Jacumã.
Depósitos – José Autran exerceu o cargo de auditor-chefe do Inmetro até setembro deste ano, quando foi afastado preventivamente em procedimento administrativo disciplinar da Controladoria Geral da União. As buscas promovidas na Operação Pecado Capital resultaram na descoberta, na casa de um ex-diretor do Inmetro, de comprovantes de depósito na conta de José Autran nos valores de R$ 4 mil e R$ 3 mil, datados de abril e maio de 2006, anteriores à gestão de Rychardson.
A “fama” do auditor-chefe do Inmetro chegou a Rychardson de Macedo: “Eu ouvi falar que a gestão anterior pagava a José Autran, justamente pra poder resolver o resultado da auditoria. Não só na gestão anterior, como nas reuniões das redes. O que é a reunião das redes? Com todos os diretores… se comentava que grande parte pagava a ele, quando as auditorias iam. E aconteceu comigo. (…).”
Sobre o primeiro contato com o auditor-chefe, o ex-diretor do Ipem afirmou: “Ele disse: ‘Traga uns dez mil aí que eu ajeito aqui o relatório’. Aí eu disse: ‘Tá bom’. Aí como eu tinha a conta que Aécio tinha dele anterior, que Aécio me mostrou, disse: ‘Esse Autran é um bandido, recebe…’. Eu disse: ‘Me dê a conta aí. Eu vou meter pelo menos uns cinco mil aqui pra ele ficar na minha mão’.”
Quando ocorriam as auditorias, Rychardson era notificado e ia entregar em mãos a resposta sobre os questionamentos, aproveitando para realizar o pagamento da propina. “(…) ele cobrava uns sete, oito mil. Eu dava uma média que eu já tinha uma noção de quanto os outros davam”.
A quebra do sigilo bancário de Autran permitiu identificar depósitos que, no entender do MPF, são frutos de propinas. “Observa-se que o auditor-chefe do Inmetro (…) de fato recebeu vantagens pecuniárias para ser conivente com o esquema de desvio de recursos públicos do IPEM/RN. Ele foi favorecido com depósitos em dinheiro em conta bancária em março de 2008 e com várias entregas de dinheiro em espécie nos meses subsequentes do ano de 2008 e no ano de 2009.”
Prejuízo – O dano total aos cofres públicos, em decorrência das irregularidades, foi estimado em R$ 10.501.238,62, em valores não atualizados. Os envolvidos responderão por corrupção ativa e passiva, além de repartirem o ressarcimento dos danos. Em decorrência do acordo de colaboração premiada, o MPF requer o perdão judicial para Rychardson de Macedo.
A denúncia e a ação de improbidade tramitam na Justiça Federal sob os números 0003748-93.2014.4.05.8400 e 0805863-54.2014.4.05.8400, respectivamente.

MPF-RN

Amor deixa o sexo mais gostoso


Cara leitora, se você puder escolher, prefere uma noite de sexo com o moço que ama ou uma aventura pós-balada? Bem, se escolheu a primeira opção, você faz parte da maioria. Segundo pesquisa americana, as mulheres sentem mais prazer quando fazem sexo com amor.
Pesquisadores da Universidade do Estado da Pensilvânia entrevistaram 95 mulheres entre 20 e 68 anos. E a maioria delas respondeu que vê o amor como peça fundamental para melhorar a satisfação sexual. Os benefícios, segundo elas, não eram apenas emocionais. Sexo com amor parece aumentar também o prazer físico.
É que transar com o amado faz com que elas se sintam mais desinibidas e livres para explorar a própria sexualidade. Mas há ainda outra questão em jogo: o machismo. “Quando sentem amor, elas podem sentir mais prazer por confiarem no parceiro, mas também por sentirem que é ok fazer sexo quando o amor está presente”, diz Beth Montemurro, uma das autoras da pesquisa. “Enquanto a mídia parece mostrar que tudo bem fazer sexo causal, os filmes e a televisão tendem a retratar negativamente mulheres que fazem sexo fora de relacionamentos”, completa.
Ainda assim, a maior parte das entrevistadas (50 mulheres), apesar de reconhecer os benefícios do sexo com amor, não se importa em ir pra cama com alguém que não ame. Afinal, amando ou não, sexo pode ser divertido.
E você, conta para gente, sente diferença no sexo quando está apaixonado?

Fonte: Revista Super Interessante

TSE determina retorno de deputado estadual Dibson Nasser ao cargo

 
O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu, na sessão desta noite (30), liminar para o imediato retorno de Dibson Antônio Bezerra Nasser, eleito em 2010, ao cargo de deputado estadual no Rio Grande do Norte (RN). A liminar vigora até o julgamento de recurso especial pela Corte. Relator da ação cautelar apresentada por Dibson Bezerra, o ministro João Otávio de Noronha deferiu a liminar, por considerar que o candidato deve permanecer no cargo até que o TSE aprecie o recurso contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) contra o parlamentar. Por essa razão, o ministro suspendeu os efeitos do acórdão do Tribunal Regional. Na ação contra Dibson, um de seus correligionários foi acusado de supostamente conceder benefícios previdenciários no município de Areia Branca (RN), com a finalidade de obter votos para o candidato.
Os ministros acompanharam o voto do relator por unanimidade.
Fonte: Site TSE

Projeto de Lei quer proibir ligações com números privados

 
A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) tem reunião marcada para as 9h de terça-feira (25). Entre outras propostas, o colegiado pode votar Projeto de Lei do Senado  do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) que torna obrigatória a identificação do código de acesso originador das chamadas telefônicas.
O objetivo, segundo Vital, é evitar a prática de crimes por meio das redes de telefonia e coibir abusos nas práticas dos serviços de telemarketing e de cobranças. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), o código de acesso é o conjunto de números que permite a identificação de assinante, de terminal de uso público ou de serviço a ele vinculado.
O PLS 433/2013, apresentado pelo senador Vital, estabelece que as prestadoras de serviços de telefonia fixa ou móvel oferecerão aos usuários, sem custo adicional, o serviço de identificação do código de acesso originador da chamada. Também proíbe a oferta de serviços ou equipamentos que impossibilitem ou obstruam a identificação dos códigos de acesso telefônico pelos usuários.

PB Hoje

Justiça suspende NATAL CAP


Fulminado por uma liminar de um juiz federal em Minas Gerais, que proibiu a comercialização de títulos de capitalização do Vale Cap Leste de Minas e de todos os títulos semelhantes operados no Brasil pela Sul América Capitalização, a Sulacap, o rentável Natal Cap está suspenso, desde o último dia 16.
Para o juiz federal Wesley Ferreira de Souza, os títulos como o Natal Cap nada mais eram do que um bilhete de bingo. Uma simples cartela.
Para ser reconhecidos como títulos de capitalização, de acordo com a decisão em caráter liminar do magistrado, o Vale Cap Leste de Minas e seus semelhantes, como o Natal Cap, precisam cumprir dois requisitos legais: a devolução integral do dinheiro pago e o rendimento de dividendos durante o período de investimento.
No caso do Natal Cap, o comprador da cartela, no valor entre 5 e 15 reais, tinha direito apenas a participar do sorteio. No ato da compra, de acordo com o que está escrito na cartela, o cliente cedia a totalidade dos direitos de resgate do “titulo” à Federação Potiguar de Tênis, cuja sede funciona no Aero Clube do Rio Grande do Norte, que não diz quanto recebeu até agora, com o argumento de que uma cláusula contratual exige segredo.
Ao anunciar a suspensão da comercialização das cartelas, o Natal Cap divulgou que a situação é temporária, “a fim de nos adequarmos às novas normas que regem nosso tipo de negócio”.

UFERSA: CPPS publica edital do Reingresso 2015.1

A CPPS divulga edital e formulário para inscrição dos candidatos a reingresso para o período 2015.1. As inscrições são exclusivamente pela internet e estarão abertas do dia 20 ao dia 26 de novembro de 2014. Para realizar sua inscrição, o candidato deverá preencher formulário específico disponível na pagina cpps.ufersa.edu.br/reingresso e fazer upload do histórico escolar do curso.
Para acessar o Edital e fazer sua inscrição clique aqui.

Operação Homeostase 2: Quadrilha acusada de fraudar Enem e vestibulares de Medicina é presa

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) desbaratou uma quadrilha acusada de fraudar o Enem e vestibulares de Medicina. A “Operação Homeostase 2″, realizada com o Ministério Público, prendeu 11 integrantes do grupo, entre eles professores universitários, dois médicos e um policial civil, além de 22 candidatos durante durante o vestibular da Faculdade de Ciências Medicas de Minas Gerais, neste domingo, em Belo Horizonte. Nesta segunda-feira, a polícia apreendeu pontos eletrônicos, cadernos de questões e gabaritos das edições do enem de 2012, 2013 e 2014, além de comprovantes de depósitos bancários de R$ 90 mil na casa de um dos suspeitos de chefiar a quadrilha, em Teófilo Otoni.




- Isso demonstra uma organização bem consistente, com idas a Dubai e à China para comprar pontos eletrônicos, que estavam embalados na casa do chefe da quadrilha em Minas, Áureo Ferreira Moura. Também apreendemos veículos de luxo e motos por determinação da Justiça – explicou o delegado Jeferson Botelho, Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária de Minas Gerais, responsável pela operação.

Duas equipes da PCMG realizaram diligências em Teófilo Otoni e no Guaraujá, onde mora o empresário Carlos Roberto Leite Lobo, preso no domingo e suspeito de ser outro chefe da quadrilha. De acordo com Botelho, a suspeita é de que eles tenham fraudado o Enem em São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Espírito Santo, além de Minas, especialmente com a venda de vagas em cursos de Medicina a um custo que variava de R$ 70 mil a R$ 200 mil. O trabalho de investigação já durava oito meses.


Entre os detidos há um policial civil de Minas, lotado em Governador Valadares, que estava em um dos carros da quadrilha e agora é considerado suspeito de integrar o grupo. Segundo o Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, a quadrilha atuava da seguinte forma: pessoas faziam parte das provas rapidamente, saíam com os resultados das questões e repassavam para os candidatos compradores das vagas por meio de transmissão eletrônica.


Ainda segundo o delegado, o último lote de equipamentos adquiridos pela quadrilha era composto por micropontos eletrônicos e moderno sistema de transmissão de dados, que teria sido adquirido na China a um custo de US$ 200 mil.


De acordo a assessoria de imprensa, a equipe da Polícia Civil que atua junto ao Núcleo de Repressão ao Crime Organizado do Ministério Público continuará trabalhando com os promotores de Justiça formalizando os autos de prisão em flagrante, para que o resultado final da operação seja apresentado à imprensa nos próximos dias.


A Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais (FCM-MG) informou, por meio de nota, que foi informada da investigação policial em curso e vem colaborando com a polícia na identificação dos responsáveis, o que teria, inclusive, facilitado a infiltração de diversos policiais nos locais de prova e a detenção dos envolvidos na tentativa de fraude.


Segundo a FCM-MG, os participantes do esquema fraudulento serão excluídos do processo seletivo, de acordo com o previsto no edital. Ainda de acordo com a faculdade, não houve qualquer prejuízo no vestibular de 2015, não havendo, portanto, motivos para seu cancelamento.


Na Operação Hemostase I, a Polícia Civil já havia desbaratado uma quadrilha que também fraudava vestibulares de medicina. Como na época foram levantados indícios de fraude no Enem, o caso foi repassado para a Polícia Federal. Agora, na Hemostase II, conforme o delegado Jeferson Botelho, a suspeita é a de que o Enem foi fraudado em cinco estados.

O Globo

Secretário de Rosalba mostrará Saúde para governador e vice eleito

 
Na próxima quarta-feira (26), amanhã, o secretário de Saúde do Estado, Luiz Roberto Fonseca, vai apresentar o diagnóstico da área para o governador e vice-governador eleitos, Robinson Faria (PSD) e Fábio Dantas (PCdoB), respectivamente, além da equipe de transição.
A reunião será na Escola de Governo, às 17h.
Além do titular da Saúde, a equipe de transição também deverá ter apresentação do RN Sustentável, aguardando apenas a confirmação da data com o representante do projeto.
O RN Sustentável é um projeto multissetorial integrado cuja meta é contribuir com o desenvolvimento do Estado através da implementação de ações articuladas, com foco na redução das desigualdades regionais.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Sem ouvir o povo, PMDB corre risco de errar de novo

 
O ministro demissionário da Previdência, Garibaldi Filho, declarou em entrevista ao JH, no final de semana, o que já tinha declarado o presidente do PMDB/Natal, deputado Hermano Morais: que o PMDB não tem compromisso com a reeleição do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT).
Apesar de alinhados nessa declaração, os dois desafinam quando Hermano diz que não descarta sua candidatura a prefeito em 2016, e Garibaldi compromete o seu apoio pessoal à candidatura do primo-prefeito.
Garibaldi quer retribuir o apoio de Carlos à candidatura sem sucesso do deputado Henrique Alves ao Governo.
E diz que o partido vai ouvir todos antes de tomar decisões.
Mas…ouvir quem?
Se não for o povo, melhor nem perder tempo.
Ou o recado das urnas de outubro não foi compreendido?
Em relação à sucessão municipal, Garibaldi e Henrique são considerados líderes ‘do andar de cima’, e é esse ‘andar de cima’ que tem incomodado o ‘andar de baixo’, ou seja, o povo.
Que está de saco cheio de candidaturas discutidas entre 4 paredes, onde não se desce um degrau para se ouvir quem realmente tem votos: o eleitor.
A chamada transferência de votos perde força a cada dia como provou a eleição de outubro, onde as maiores “forças”, literalmente entre aspas, do Estado, se juntaram para perder. Todos de uma vez.
Bertone e Ubaldo não escondem de ninguém que o PMDB deve ter candidato e que o nome deve ser o de Hermano. Já Felipe está numa sinuca de bico pois é primo do prefeito Carlos Eduardo e diz que ele “vestiu a camisa” da candidatura de Henrique.
Felipe só não diz que…não deu certo.
Os quatro só foram unânimes em uma coisa: querem ouvir o que pensam os eleitores antes de qualquer definição.
Portanto, na sucessão municipal, deverá ter sucesso quem optar por seguir a voz do povo.
Que anda mais grossa e mais forte do que pensam os…ex-grandes líderes.

Cruzeiro vence Goiás e é campeão do campeonato brasileiro

cruzeiro campeao 
Com apoio da torcida, o Cruzeiro conquistou neste domingo (23) o Campeonato Brasileiro de forma antecipada. Ao vencer o Goiás por 2 a 1, os mineiros ganharam o título com duas rodadas de antecipação. É o terceiro título do clube na era dos “pontos corridos”, sendo campeão em 2003 e no ano passado. Em 2010, a CBF reconheceu o título do Cruzeiro de campeão da Taça Brasil de 1966 como campeonato nacional, sendo então o quarto título dos mineiros.
O Cruzeiro abriu o placar, Aos 13 minutos de jogo, Depois de mandar do meio do campo para Everton Ribeiro, Mayke corre para receber e cruzar pela direita na cabeça do artilheiro Ricardo Goulart, que mandou para dentro do gol. O Goiás chegou ao empate, aos 22 minutos. Em jogada de bola parada, David lança bola na área, Samuel domina e chuta no canto esquerdo sem defesa para o goleiro Fábio.
Na etapa final, aos 17 minutos, após cruzamento de Willian, o baixinho Éverton Ribeiro marca de cabeça e garante a vitória cruzeiense. O time celeste ainda enfrentará a Chapecoense no dia 30 em Santa Catarina e realizará sua partida final no dia 7 de dezembro no Mineirão contra o Fluminense.

Propaganda eleitoral deve ser retirada das ruas até amanhã

 
Candidatos, partidos políticos e coligações que disputaram a eleição no segundo turno têm esta terça-feira, 25 de novembro, para retirar das ruas todas as propagandas eleitorais. É o que determina a Resolução 23.404/2014, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que em seu artigo 88 estabelece que a propaganda eleitoral deve ser removida até 30 dias após a eleição.
O mesmo dispositivo estabelece que se o bem em que a propaganda foi fixada tiver sido danificado, este deverá ser restaurado. O prazo de retirada da propaganda eleitoral para quem concorreu no primeiro turno terminou no dia 4 de novembro. De acordo com resolução do TSE, o descumprimento dessas regras sujeita os responsáveis às consequências previstas na legislação comum aplicável. A abrangência da regra permite a aplicação de legislações comuns variadas, como as leis de posturas municipais – conjunto de normas que regula a utilização do espaço e o bem-estar público do município – bem como normas ambientais e de direito administrativo.

Fecha UTI neonatal em Mossoró por suspeita de bactéria

arq54708b89dde7a 
O Jornal Defato destaca que a UTI Neo Natal do Hospital da Mulher Parteira Maria Correia em Mossoró está fechada devido a presença de uma bactéria resistente. O diretor da unidade hospitalar confirmou à reportagem do De Fato.com que os trabalhos de desinfecção deverão ser finalizados ainda neste sábado.
Segundo ele, a UTI deverá ser liberada dentre 48 horas e que o problema foi resolvido. “Entre o sábado e domingo ele deverá está totalmente liberada. O trabalho de desinfecção está ocorrendo e a expectativa é que ela termine ainda hoje”, disse Inavan Lopes. Perguntado sobre o que tinha provocado a contaminação da UTI Inavan explicou que ainda não sabe. As crianças foram transferidas para um outro local da unidade. Inavan Lopes confirmou que 6 crianças estão internadas.

Eleição da Mesa-Diretora de Ouro Branco virou caso de polícia

A eleição da mesa-diretora para o próximo biênio 2015/2016 na Câmara Municipal de Ouro Branco pode terminar na polícia. Tudo porque o vereador Francisco Celso da Silva Neto prestou um Boletim de Ocorrência, denunciando a atual presidente Eurinete dos Santos Silva, de ter praticados supostas manobras para a realização da eleição, uma delas foi a não validação da chapa que tinha como um dos integrantes o próprio vereador Francisco Celso.
O denunciante reclama que Eurinete convocou uma sessão extraordinária para a última sexta-feira (21) que escolheria os membros da nova mesa, e não teria considerada válida a chapa concorrente, cujo candidato a presidente seria p vereador Paulo Dantas da Silva.
OuroBranco1

Registrado mais um homicídio em Areia Branca

O índice de violência permanece crescente em Areia Branca e no Rio Grande do Norte. A Polícia Militar registrou mais um crime de homicídio ocorrido na manhã de hoje no Projeto Crescer, bairro urbano da cidade.
A vítima identificada como Carlos Alberto das Chagas Santos, conhecido como Roberto, 32 anos foi socorrido por uma ambulância do serviço municipal que passava pelo local momentos depois do atentado criminoso. O baleado deu entrada no hospital Sara Kubitscheck por volta das 08h40 deste domingo (23), com perfurações na região toráxica provocadas por arma de fogo.
A gravidade dos ferimentos fez com que a equipe médica direcionasse a vítima para atendimento no Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró, onde horas depois foi registrado o óbito.

Fonte: Voz de Areia Branca

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Carro é incendiado em vía pública na praia de Upanema de Cima em Areia Branca

Ford Fiesta foi incendiado na calçada do seu proprietário, o taxista Raimundinho (Foto: Jair SIlva)
Um veículo Ford Fiesta foi incendiado na madrugada desta sexta-feira (21), em via pública na praia de Upanema de Cima, em Areia Branca.
Ao perceber as chamas no seu automóvel, o taxista Raimundo Fernandes tentou apagá-las e terminou sofrendo algumas queimaduras de pequena proporção. Ainda de acordo com ele, a parte elétrica e o motor ficarma comprometidos depois do incêndio.
Raimundinho, como é conhecido na cidade, ainda não sabe a quem atribuir nem o que motivou que ele suspeita ser criminoso contra si e contra seu instrumento de trabalho. Ele deverá registrar Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia de Areia Branca para que as investigações apontem a causa do incêndio.
Fonte: Voz de Areia Branca

Delegado da Narcóticos autua indivíduo de Areia Branca por tráfico de drogas em Mossoró RN

 Dinheiro Fracionado
Dois indivíduos,um menor de idade e outro maior identificado como Elivelton Xavier de Souza,22 anos de idade,ambos residentes no município de Areia Branca, foram detidos por policiais da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas-Rocam,na tarde desta quinta feira 20 de novembro. 

Segundo o Policial Acioli comandante da VTR Rocam,os dois estavam em uma parada de ônibus,nas proximidades do Conjunto Vingt Rosado e ao avistarem a polícia,tentaram se desfazer de uma sacola,jogando a mesma para dentro de um matagal. 

Os policiais perceberam a ação e resolveram abordar os dois,que após uma conversa, mostraram onde haviam jogado a sacola. dentro do recipiente foi localizada uma pedra grande de crack pesando 40 gramas,equivalente a 200 pedras do entorpecente,além de 35 reais em dinheiro fracionado. 

Os dois, foram encaminhados a Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) onde foram apresentados ao Delegado titular da especializada,Rafael Arraes. 

Elivelton Xavier foi autuado no artigo 33,tráfico de drogas,por ter entrado várias vezes em contradição,durante seu depoimento. Já o menor de idade,que completará 18 anos dia 12 de dezembro, foi liberado após ser feito um Boletim Circunstanciado de Ocorrência-BOC contra sua pessoa.

RN contabiliza 30 ataques à bancos e caixas eletrônicos no ano

explosao caixa 
O jornal De Fato fez as contas. Com dois casos registrados ontem (20) em diferentes municípios do Rio Grande do Norte, o estado atingiu a marca de 30 ataques à bancos e caixas eletrônicos ocorridos neste ano.
O levantamento com base em registros da Polícia Militar mostra que além desses casos no interior potiguar, outros crimes dessa modalidade também foram registrados na própria capital do estado e também na região da Grande Natal em 2014.
Em 2013, o registro total foi de 46 arrombamentos, sendo 19 com explosivos. Os últimos ataques notifciados neste ano foram em Upanema e em Brejinho; além do caso ocorrido em Mossoró no final de semana passado.